Comprou o carro e descobriu que passou por enchente…

Um de nossos leitores se envolveu numa verdadeira encrenca… Ele pediu nossa ajuda por e-mail e achamos que o caso é bastante interessante para divulgarmos e alertar outros investidores como você.

Ele gostou de um carro, viu que na descrição do lote não havia nada de mais mencionando, deu o lance e conseguiu adquirir o veículo, um Honda Fit 2015. Após guinchar o Fit para o mecânico, ele percebeu que várias peças estavam danificadas como vela, filtro de ar e o filtro de óleo. Tudo estava encharcado, até o porta-luvas ficou todinho molhado.

Enfim… comprou e se deu muito mal pois o carro tinha passado por alguma enchente ou inundação. Esse tipo de situação dá muito medo de investir num leilão e depois perder um dinheirão, não é?

Para agravar a situação, o leilão descaracterizou o carro antes de leiloar, por dentro estava tudo limpo, bem como o motor e o porta malas, tentaram arrancar agua que fica presa dentro das lanternas e consertar o tanque de combustível pois estava com um pequeno dando (o veiculo deve ter sido arrastado), ou seja, eles colocaram uma maquiagem antes de leiloar.

09-carro-enchente-edital2

Na nossa opinião, houveram alguns indícios de que o veículo poderia ter problema e que ele deveria ter tomado as devidas precauções antes de comprar.

Erro número 1: Não fazer vistoria antes de comprar

Infelizmente ele não viu o carro antes de comprar, foi iludido pelas informações do site. Ele achou que mesmo que tivesse ido fazer a vistoria, talvez tivesse sido enganado com a maquiagem que foi feita. Nós achamos que sem uma boa vistoria do veículo, é muito difícil você garantir que o veículo está bom só com fotos da internet… É fundamental ver o veículo ao vivo e checar tudo que possa causar problemas ou indicar danos.

Erro número 2: Ignorar o comitente vendedor

Depois, como o leilão era de seguradora, é mais do que óbvio que ele deveria ter algum problema grave (mesmo que estivesse indicando “sinistro recuperável”). Quando uma seguradora faz leilão, é porque o veículo teve perda total, sendo que o conserto seria mais custoso do que pagar um novo veículo para o proprietário. A enchente era uma possibilidade…

Quer vender seu carro de leilão? É fácil, é Grátis!!

Anuncie agora em nosso portal de veículos www.meucarrodeleilao.com.br

Erro número 3: desconsiderar as condições do leilão

Por último, havia uma série de condições e declarações no edital que são aceitas por cada um que dê um lance. Por exemplo: que o veículo será comprado no estado em que se encontra e sem garantias. Se você comprou sem ler, é como se assinasse um contrato sem ler e depois dizer que não leu.

Não queremos desanimar ninguém e nem negar que faltou boa fé no leilão. Mas, neste caso, existem uma série de documentos comprovando que o leiloeiro alertou que problemas eram possíveis. Eles são experientes e não colocam nenhuma frase mentirosa nestes documentos, apesar de ser tudo pouco específico e detalhado. Se você tentar levar para um advogado entrar com um processo na justiça, além de ele te cobrar honorários, você tem grandes chances de perder e até pagar o advogado da defesa (do leilão, no caso). Não achamos que vale a pena a dor de cabeça…

O que fazer neste caso?

Se você cair numa situação semelhante (carro passou por enchente), recomendamos que faça uma cotação com um mecânico para arrumar o carro. Se o preço for maior que a multa (geralmente de 20% do lance para desistir da compra), é melhor pagar a multa e não aumentar seu prejuízo. Se for menor, compre o carro e arrume. Se isso acontecer é melhor encarar a situação de frente do que se iludir e perder mais dinheiro.

Aproveite esse grande aprendizado e também não ache que todos os carros de leilão são uma furada. É possível sim comprar veículos bons e lucrar na revenda, mas precisa ter o conhecimento.

Abraços e até a próxima!

Já conhece nosso treinamento Predador de Leilões? Usamos há mais de sete anos para lucrar e garantir nossa renda extra. Clique na Barra abaixo e se torne um Predador de Leilões!

botao-2